Santo do Dia

10/01/2023

Frei Gonçalo de Amarante, presbítero de Braga


Origens
Frei Gonçalo nasceu, em 1187, em Arriconha, freguesia de Tagilde, próximo a Guimarães, norte de Portugal. Pertencente à nobre família dos Pereiras, viveu nos reinados de Dom Afonso II, Dom Sancho II e Dom Afonso III.

A Vocação
Muito cedo, ele se viu chamado ao sacerdócio. Em sua formação humana e cristã, Frei Gonçalo passou pelo Convento Beneditino, depois por Braga, lugar onde foi ordenado pelo Arcebispo. Não demorou muito para ser abade em São Paio de Riba Vizela, junto à sua terra natal.

Peregrinações
Frei Gonçalo de Amarante pôde fazer várias peregrinações que muito enriqueceram a sua vida espiritual e também apostólica. Ele foi a Roma, visitou os túmulos de São Pedro e São Paulo e tomou um “banho” da Igreja. Visitou a Terra Santa, conheceu os lugares santos por onde Jesus passou. Seu amor foi crescendo cada vez mais por Nosso Senhor.

Frei Gonçalo de Amarante: construiu edificações no mundo e a fé do povo

O desejo ardente no coração de Evangelizar
Depois de voltar dessas peregrinações, ele teve ainda mais ardor para evangelizar. Discerniu sua vida religiosa e entrou para a família dominicana, daí vem o “frei”. Quanto ao “Amarante”, com seus irmãos de comunidade, ele foi para a cidade de Amarante em missão. Ele ficou conhecido como um segundo fundador dessa cidade, porque o seu amor apostólico o levava a ser um sinal no meio da sociedade.

A Edificação da Capela
Frei Gonçalo foi responsável pela edificação da Capela de Nossa Senhora da Assunção, num rochedo suspenso sobre o Tâmega. Incansável protetor dos humildes, auxiliava aqueles que precisavam de socorro e assistência.

Páscoa
Partiu para a glória em 10 de janeiro de 1262, deixando para o povo de Amarante, para todas as gerações ao norte de Portugal, para toda Europa e para todo o mundo, um testemunho de santidade que colabora para uma civilização mais justa. Seu exemplo de bondade tornou-o célebre e a sua devoção é muito popular, até mesmo no Brasil, onde é padroeiro de algumas cidades.

Via de Santificação
Três processos canônicos foram pleiteados para a beatificação e canonização de Frei Gonçalo. Papa Júlio III concedeu o culto público em 24 de abril de 1561. Mais tarde, em 1671, o Papa Clemente X estendeu o ofício e a missa de São Gonçalo a toda a Ordem Dominicana.

Minha oração
“ Grande evangelizador e missionário, a ti pedimos o dom da pregação e a coragem para enfrentar os povos não convertidos. Sabemos das diversas dificuldades de uma vida dedicada, mas que cada missionário encontre a alegria na missão e conforme seus sofrimentos ao Cristo. Amém.”

Frei Gonçalo de Amarante, rogai por nós!

Outros santos e beatos celebrados em 10 de janeiro 

  • Em Roma, no cemitério de Calisto, junto à Via Ápia, São Milcíades, papa. († 314)
  • Na Tebaida, região do Egipto, São Paulo, eremita. († s. IV)
  • Em Nissa, na Capadócia, hoje Vedsehir, na actual Turquia, São Gregório, bispo, irmão de São Basílio Magno. († a. 400)
  • Em Jerusalém, São João, bispo, que, em tempo da controvérsia sobre a verdadeira doutrina, trabalhou arduamente pela fé católica e pela paz da Igreja. († 417)
  • Em Die, no território de Vienne, atualmente na França, São Petrónio, bispo. († d. 463)
  • Em Constantinopla, hoje Istambul, na Turquia, São Marciano, presbítero. († 471)
  •  Em Limoges, cidade da Aquitânia, atualmente na França, São Valério, que abraçou a vida solitária.  († s. VI)
  • Em Melitene, na antiga Arménia, São Domiciano, bispo, que trabalhou intensamente pela conversão dos Persas. († c. 602)
  • Em Roma, junto de São Pedro, o sepultamento de Santo Agatão, papa. († 681)
  • No território de Viviers, ao longo do Ródano, na França, Santo Arcôncio, bispo.                         († c. 740-745)
  •  No mosteiro de Cusan, nos montes Pireneus, São Pedro Urséolo. († c. 987/988)
  • No mosteiro de Cava de’ Tirréni, na Campânia, hoje região da Itália, o Beato Benincasa, abade. († 1194)
  • Em Bourges, na Aquitânia, região da França, São Guilherme, bispo. († 1209)
  •  Em Arezzo, na Etrúria, atualmente na Toscana, região da Itália, o passamento do Beato Gregório X, papa. († 1276)
  • Em Lorenzana, na Lucânia, na atual Basilicata, região da Itália, o Beato Egídio (Bernardino di Bello), religioso da Ordem dos Frades Menores, que viveu recluso numa gruta. († 1518)
  • Em Arequipa, no Peru, a Beata Ana dos Anjos Monteagudo, virgem da Ordem dos Pregadores.  († 1686)
  • Na Itália, Santa Francisca de Sales (Leónia) Aviat, virgem, que instituiu as Oblatas de São Francisco de Sales. († 1914)
  • Na Espanha, a Beata Maria das Dores Rodríguez Sopeña, virgem e fundadora do Instituto das Damas Catequistas e a Obra da Doutrina. († 1918)

Fonte:

  • Livro “Um santo para cada dia” – Mário Sgarbossa – Luigi Giovannini [Paulus, Roma, 1978]
  • Livro “Santos de cada dia” – José Leite, SJ [Editorial A.O. Braga, 2003]
  • Martirológio Romano

– Produção e edição:  Melody de Paulo
– Oração: Rafael Vitto – Comunidade Canção Nova

Bem-vindo de volta!

Faça login em sua conta abaixo

Recupere sua senha

Digite seu nome de usuário ou endereço de e-mail para redefinir sua senha.

Adicionar nova Playlist