NotíciasPapa Francisco

Papa Francisco pede que paróquias não se pareçam escritórios

Em sua intenção de oração para setembro, o pontífice defende as igrejas de portas abertas

Desde o início de seu pontificado, o Papa tem se pronunciado enfaticamente sobre o papel das paróquias na vida em comunidade. Já nos Sínodo sobre as Famílias, em 2015, ele expressava que “uma igreja com as portas fechadas trai a si mesma e à sua missão, em vez de ser ponte, converte-se em barreira”.

“As paróquias têm de estar em contato com os lares, com a vida das pessoas, com a vida do povo. Têm de ser casas onde a porta esteja sempre aberta para ir até os demais. E é importante que a saída siga uma clara proposta de fé.”

“Trata-se de abrir as portas e deixar que Jesus saia afora com toda a alegria de sua mensagem. Por isso, não nos deixemos roubar a alegria evangelizadora! Por favor, não nos deixemos roubar a alegria evangelizadora.”

“Peçamos por nossas paróquias, para que não sejam escritórios, mas que, animadas por um espírito missionário, sejam lugares de transmissão da fé e testemunho da caridade”, pede o Papa Francisco.

Segundo dados do Anuário Pontifício, existem mais de 221 mil paróquias onde se viver a vida em comunidade e onde os fieis podem se reunir para a expressão da vida litúrgica, o ensinamento da vida de Cristo e a prática das obras de caridade e fraternidade.

“Este mês quisemos expressar profundamente o valor das paróquias para a missão, em particular com os mais necessitados. É um lugar de encontro com Jesus Ressuscitado, que nos chama ao serviço de sua missão. A paróquia pode ser fonte de dinamismo missionário que leve sal e luz ao mundo.

O Evangelho nasceu pelos caminhos ao encontro dos demais. Não podemos esperar as pessoas em nossas paróquias. Essa dinâmica de missão é essencial”, afirma o Pe. Frédéric Fornos, SJ, Diretor Internacional da Rede Mundial de Oração do Papa e o Movimento Eucarístico Juvenil (MEJ), nomeado pelo Papa Francisco.

As intenciones de oração são confiadas mensalmente à Rede Mundial de Oração do Papa. O Vídeo do Papa é produzido pela La Machi Comunicación para Buenas Causas com o apoio da Companhia de Jesus, IndigoMusic, GettyImagesLatam, Fundación Harambee e a colaboração do Centro Televisivo Vaticano. Tem também como parceiro de mídia a Aleteia.

Desde seu lançamento em janeiro de 2016, teve mais de 14 milhões de visualizações em suas redes próprias.

Fonte: aleteia.org

Tags

Artigos Relacionados